Sinopse

pexels-photo-31044

CLOUDS parte da ideia de acumulação. Carrega um sentido comportamental e social, vindo da necessidade de sobrevivência, arranjos temporários, afirmação ou reconhecimento de presenças e ausências. “Ajuntamento” de imagens, poesias, sons, palavras e informações. Samples e muitas vozes atravessam esse corpo e constituem essa dança. Faz também referência às nuvens de informação onde são armazenados dados na rede e propõe reflexão sobre o uso da tecnologia pelo homem. CLOUDS é patrocinado pelo O Boticário na Dança e realizado pela PIP Pesquisa em Dança com concepção e interpretação de Carmen Jorge.

Anúncios